Uma investigação filosófica sobre a origem de nossas ideias do sublime e do belo

Edmund Burke
Mais conhecido como um representante do conservadorismo britânico do século XVIII e como autor, principalmente, das Reflexões sobre a revolução em França (1790), o jovem Burke produz um dos mais importantes tratados de seu tempo nesse campo, como resultado de sua incursão na estética. Sua reconhecida influência sobre o conceito kantiano do sublime atesta suficientemente esse fato, até mesmo nas objeções e nos novos torneios do autor da Crítica da faculdade do juízo, cujas formulações constituem um divisor de águas entre a concepção mimética da arte e a estética do gênio.
Disponibilidade
Em estoque
R$50,00
.
Mais Informações
Editora Unicamp
ISBN 978-85-268-1045-7
Edição 2
Ano 2013
Páginas 216
Formato 14 X 21 cm
Idioma Português