Os Ferrões

José do Patrocínio e Demerval da Fonseca
Ao reproduzir as dez edições do periódico Os Ferrões, que circulou no Rio de Janeiro em 1875, este livro oferece um manancial de informações de caráter histórico e social sobre o Brasil e o mundo no período do Segundo Reinado, além de trazer à tona um interessante capítulo da história da imprensa no país.Sob a batuta de José do Patrocínio, que se tornaria uma das figuras mais proeminentes dos movimentos Abolicionista e Republicano, e de Demerval da Fonseca, que nos anos seguintes se destacaria na vida pública brasileira, o jornal alinhava-seà imprensa satírica que então florescia na Europa. O nome Os ferrões alude ao propósito da publicação: “ferroar” toda e qualquer figura pública, ridicularizando-a ou apontando suas atitudes condenáveis. Ninguém foi poupado durante os breves dez meses de vida do jornal, que “ferroou” de D. Pedro II a Machado de Assis, de Duque de Caxias à Princesa Isabel. Os Ferrões colocava-sefrontalmente contra o conservadorismo católico ultramontano, que julgava incongruente com a “civilização moderna”, e propunha uma “Igreja livre em um Estado livre”. Nesse ambiente, as contendas religiosas tinham presença constante nas páginas do jornal, que fincava posições nas mais diversas áreas: defendeu o casamento civil, o ensino laico, o fim da escravidão dos negros, a livre expressão.
Disponibilidade
Em estoque
de R$60,00 por R$51,00
.
Mais Informações
Editora Unesp
ISBN 978-85-393-0510-0
Edição 1
Ano 2014
Páginas 310
Formato 18 X 25 cm
Idioma Português