A poética dos Jardins

Charles W. Moore, Willian J. Mitchell e Willian Turnbull Jr.
Para os amantes dos jardins e para as pessoas que gostam de apreciar belas paisagens, este livro se constitui em um excelente guia de viagem, descrevendo com grande minúcia e contando de maneira divertida, mas ao mesmo tempo poética, as histórias dos lugares mais belos do mundo, que vale a pena visitar. Os autores certamente devem ter desfrutado de inúmeras viagens pelo mundo para conhecer os mais de 40 jardins que descrevem no livro. Para os paisagistas, ele pode ser visto como uma espécie de catálogo de jardins, que são agrupados segundo categorias inusitadas. Tradicionalmente, os livros de paisagismo costumam categorizar os jardins segundo sua escala e função (jardins residenciais, institucionais, praças, parques etc.) ou segundo seu estilo e clima (jardins formais italianos ou franceses, jardins informais ingleses, jardins tropicais, jardins de deserto, jardins mediterrâneos etc.). Neste livro, são agrupados nas categorias cenários, coleções, peregrinações e geometrias. Para os estudantes de arquitetura, o livro apresenta, de maneira extremamente didática, um método de projeto baseado — literalmente — em um diálogo com os jardins do passado. Os autores nos ensinam que jardins existentes não devem ser simplesmente copiados, mas sim compreendidos em sua essência para servir como referência para novas propostas. Finalmente, para os especialistas da área de computational design, o livro pode ser compreendido como a peça-chave entre significado e lógica no processo de projeto. As categorias de agrupamento de jardins propostas no livro podem ser vistas como referências a aspectos cognitivos do processo de projeto, bem como a técnicas de programação de computadores.
Disponibilidade
Em estoque
R$94,00
.
Mais Informações
Editora Unicamp
ISBN 978-85-268-0951-2
Edição
Ano 2011
Páginas 287
Formato 21 X 28 cm
Idioma Português