Agroecologia e Processamento de Alimentos em Assentamentos Rurais

Wilon Mazalla Neto

Os leitores deste livro poderão desfrutar de uma cuidadosa revisão bibliográfica sobre agroecologia — conceitos, dimensões de análise e ferramentas de diagnóstico e intervenção —, agricultura familiar e assentamentos rurais. É uma leitura essencial para aqueles que estudam e trabalham com agroecologia, agricultura familiar e desenvolvimento rural.

Disponibilidade
Em estoque
de R$36,00 por R$28,80
.

Introdução

Capítulo 01
O Universo da Agricultura Familiar

Conceituação de agricultura familiar
Agroecologia
Processamento de alimentos

Capítulo 02
O Assentamento Fazenda Ipanema

Capítulo 03
Pesquisa Social Problematizadora e Participação
Aplicação do marco Mesmis na análise do processamento de alimentos em assentamento de reforma agrária

Capítulo 04
O Processamento de Alimentos no Assentamento
O processamento de alimentos na Fazenda Ipanema
Avaliação de princípios da Agroecologia e indicadores de sustentabilidade no processamento de alimentos

Considerações Finais

Lista de Siglas

Referências

Os leitores deste livro poderão desfrutar de uma cuidadosa revisão bibliográfica sobre agroecologia — conceitos, dimensões de análise e ferramentas de diagnóstico e intervenção —, agricultura familiar e assentamentos rurais. É uma leitura essencial para aqueles que estudam e trabalham com agroecologia, agricultura familiar e desenvolvimento rural. 
Já nas primeiras páginas, o autor posiciona a agricultura familiar como “um espaço social fértil” para concretização de um novo paradigma produtivo que leve à superação da “alta desigualdade social, fome, miséria e degradação ambiental”, partes constitutivas do atual modelo hegemônico de desenvolvimento. Busca identificar e analisar o processamento de alimentos, sob o enfoque da agroecologia
no contexto de agricultores familiares assentados em um projeto de reforma agrária. Um pioneiro desafio teórico e metodológico. 
O autor advoga — e comprova empiricamente — que o processamento de alimentos baseado em tecnologias sociais, na autogestão do empreendimento e na incorporação de conhecimentos endógenos tradicionais contribui para a criação 
e consolidação de contextos ambientais e socioeconômicos sustentáveis; em outras palavras, ambientes agroecológicos promotores do desenvolvimento, isso sem falar na preservação da qualidade do alimento processado. Está se falando da agricultura familiar como protagonista de outro modelo de desenvolvimento que, antes de tudo, seja em prol da vida, do direito de todos a uma existência digna e cidadã.

Mais Informações
Editora Átomo
ISBN 978-85-7670-179-8
Edição 1
Ano 2013
Páginas 142
Formato 14 x 21 cm
Idioma Português