Olá visitante

Itens no carrinho: 0

Subtotal: R$0,00

Plantas Medicinais e a Doença de Alzheimer

Autor(es): Chistiane Mendes Feitosa (org.)

Editora: Átomo

de R$50,00

por R$40,00

Disponibilidade: Em estoque

Plantas Medicinais e a Doença de Alzheimer Plantas Medicinais e a Doença de Alzheimer

Na literatura, é crescente a busca de novos inibidores da acetilcolineste-rase (AChE) em extratos de plantas. Esta busca direciona-se, principalmente, para plantas já utilizadas na medicina tradicional no tratamento de insônia, amnésia, depressão e ansiedade, ou para prolongar a longevidade e melhorar a memória e a função cognitiva. Acredita-se que a inibição de uma enzima, a AChE, aumente a concentração de acetilcolina na sinapse, região de comunicação entre os neurônios no cérebro, o que diminuiria e retardaria a progressão dos sintomas no tratamento da Doença de Alzheimer (DA).

Apresentação

Primeira Parte – Aspectos Gerais

Capítulo 1
Parâmetros do Estresse Oxidativo In Vitro em Modelos de Doenças Neurodegenerativas
George Laylson da Silva Oliveira e Rivelilson Mendes de Freitas

Capítulo 2
Ensaios para Detecção de Inibição das Enzimas Acetilcolinesterase (AChE) e Butirilcolinesterase (BuChE)
Chistiane M. Feitosa, Felipe Cardoso de Brito, José M. Moita Neto e Ana Carolina Cardoso Sucupira

Capítulo 3
Óleos Essenciais Antioxidantes e Inibidores da Enzima Acetilcolinesterase (AChE)
Chistiane Mendes Feitosa, Ciro Gonçalves Sá, Rusbene B. Fonseca de Carvalho e Katricia Maria Feitosa Cardoso

Segunda Parte – A Doença de Alzheimer

Capítulo 4
Considerações Sobre a Doença de Alzheimer
Chistiane Mendes Feitosa, Diane Mendes Feitosa, Cassio Herbert Santos de Melo e Soane Kaline Morais Chaves

Capítulo 5
A Doença de Alzheimer e o Uso de Plantas Medicinais: extrato de plantas medicinais e seus compostos inibidores da acetilcolinesterase
Chistiane M. Feitosa, Maria Teresa S. Trevisan, Maria Zeneide B. Bezerra, Francisco José B. dos Santos, Danielle da Costa Silva e Ana Amélia de Carvalho Melo Cavalcante

Capítulo 6
Compostos Antioxidantes em Frutas e a Doença de Alzheimer
Chistiane Mendes Feitosa, Joaquim Soares da Costa Júnior, Emmanoel Vilaça Costa, Antonio do Nascimento Cavalcante e Valéria Lima Silva

Capítulo 7
O Papel da Nutrição na Doença de Alzheimer
Joilane Alves Pereira Freire, Chistiane Mendes Feitosa, Tâmara Coimbra Diniz e Rivelilson Mendes de Freitas

Capítulo 8
Avanços no Tratamento da Doença de Alzheimer
Chistiane Mendes Feitosa, Sosthenes de Sousa Silva, Keylla da Conceição Machado e Rivelilson Mendes de Freitas

Edição
ISBN 978-85-7670-251-1
Páginas 162
Formato 16 x 23 cm
Idioma Português

Na literatura, é crescente a busca de novos inibidores da acetilcolineste-rase (AChE) em extratos de plantas. Esta busca direciona-se, principalmente, para plantas já utilizadas na medicina tradicional no tratamento de insônia, amnésia, depressão e ansiedade, ou para prolongar a longevidade e melhorar a memória e a função cognitiva.
Acredita-se que a inibição de uma enzima, a AChE, aumente a concentração de acetilcolina na sinapse, região de comunicação entre os neurônios no cérebro, o que diminuiria e retardaria a progressão dos sintomas no tratamento da Doença de Alzheimer (DA).
A DA é uma doença progressiva, de causa desconhecida, que acomete, em sua maioria, pessoas idosas. Embora ainda não se tenha a cura da doença, muitos estudos têm sido feitos e a ciência tem encontrado bons resultados. Desta forma, este trabalho discorre sobre o tratamento e, em especial, a diminuição da velocidade de progressão da doença, as técnicas do diagnóstico precoce, as possibilidades da vacina, dentre outros. As pesquisas também avançam com relação à prevenção, tais como o acompanhamento nutricional adequado, o papel dos minerais e das vitaminas, sem contar a atividade física, imprescindível na prevenção das doenças em geral, bem como a questão do fumo, devendo-se evitar o cigarro.
O livro apresenta, também, um screening realizado em cidades do Nordeste do Brasil onde os achados revelam novas plantas como fontes de inibidores da AChE, ensaios de detecção de inibição da enzima AChE e a importância da complementação com antioxidantes no tratamento da DA.
Certamente, esta obra é importante contribuição para a pesquisa e para os profissionais envolvidos, pesquisadores, cuidadores (enfermeiros, assistente social) e, também, para o público leigo representado, em especial, pela família dos portadores de DA.

O editor

* Imagens meramente ilustrativas, não representam fotos reais do produto.