Olá visitante

Itens no carrinho: 0

Subtotal: R$0,00

Educação e Diversidade: um projeto pedagógico na escola

Autor(es): Laura Noemi Chaluh

Editora: Alínea

de R$42,00

por R$33,60

Disponibilidade: Em estoque

Disponível em
Educação e Diversidade: um projeto pedagógico na escola Educação e Diversidade: um projeto pedagógico na escola

Por meio de um estudo cuidadoso que trabalha as relações entre a experiência de um projeto pedagógico e a sua construção teórica, a autora procura dar ênfase ao papel da educação na emancipação do homem coletivo e não do indivíduo isolado. A perspectiva do ensino para a diversidade cultural torna-se possível, dessa forma, pelas mediações das experiências concretas, realizadas na prática escolar, de um projeto pedagógico que busca integrar as experiências particulares de uma cultura ao universal da experiência histórica humana. O livro oferece ao leitor uma rica oportunidade de reflexão sobre os tempos atuais, assim como convida os educadores e interessados na questão da educação e da cultura a um pensar e um agir que tenham como fundamento o conceito de emancipação e de igualdade coletivas.

Prefácio à Segunda Edição: esperança de carne e osso

Prefácio: é preciso atravessar o mosaico das superfícies

Introdução
Objetivos
Referenciais teórico-metodológicos
Estrutura do texto

Capítulo 1
História da Educação dos Judeus na Argentina
Imigração
Educação escolar
Em direção à escola integral

Capítulo 2
Projeto Pedagógico de Israel: Hora’a Mutemet – Ensino Adaptado
O contexto político do projeto
O desenvolvimento do projeto e suas fases de implementação
As fundamentações teóricas do projeto

Capítulo 3
A Diversidade Cultural
A homogeneização e as categorias unificação–diferenciação
As implicações educativas do multiculturalismo
As dificuldades da escola para dar lugar ao multiculturalismo
O multiculturalismo e as categorias particular–universal

Capítulo 4
Projeto Pedagógico da Argentina: ensino para a diversidade
Projeto Excelência Educativa para as Comunidades Judias fora de Israel
Programa de Apoio à Excelência Educativa na Argentina
Avaliações do Projeto na Prática Escolar

Considerações Finais
A diversidade cultural com as categorias particular–universal
O currículo comum e o reconhecimento das diferenças na prática escolar
O multiculturalismo como uma pedagogia para todos

Referências

Edição 2ª - Revisada
ISBN 978-85-7516-659-8
Páginas 182
Formato 14 x 21 cm
Idioma Português

Educação e Diversidade: um projeto pedagógico na escola, de Laura Noemi Chaluh, apresenta uma contribuição significativa e competente para a compreensão do sentido histórico que devem ter o conceito e a prática da diversidade cultural no processo de educação. Para realizar este estudo, a autora tem o cuidado metodológico de levar em consideração o movimento permanente entre o particular e o universal, evitando, desse modo, considerar a diversidade cultural como um fenômeno isolado ou fazendo parte apenas de uma cultura do self humano ou de etnias isoladas. Por meio de um estudo cuidadoso que trabalha as relações entre a experiência de um projeto pedagógico e a sua construção teórica, a autora procura dar ênfase ao papel da educação na emancipação do homem coletivo e não do indivíduo isolado. A perspectiva do ensino para a diversidade cultural torna-se possível, dessa forma, pelas mediações das experiências concretas, realizadas na prática escolar, de um projeto pedagógico que busca integrar as experiências particulares de uma cultura ao universal da experiência histórica humana. É com esse objetivo que a autora privilegia alguns temas centrais, tais como: "a homogeneização e as categorias unificação-diferenciação; as implicações educativas do multiculturalismo; as dificuldades da escola para dar lugar ao multiculturalismo; o multiculturalismo e as categorias particular-universal".
Ao realizar esta discussão a partir de um projeto pedagógico alternativo de escolas particulares judias de nível primário, em Buenos Aires, a autora enfrenta o debate contra as abordagens reducionistas de identidade cultural que defendem o sectarismo e negam que a identidade e os sujeitos históricos são socialmente construídos nas relações objetivas que travam em seu cotidiano histórico, articulando as experiências particulares e universais, subjetivas e objetivas.
Uma das conclusões a que a autora chega sobre a implementação do Projeto Ensino para a Diversidade, que reflete sua seriedade teórica ao lidar com uma temática tão complexa, é que esse projeto representou um caminho por meio do qual foi possível andar na busca da identidade judia, em particular, e dos valores dos seres humanos, em geral, materializando a dialética particular e universal.
O livro oferece ao leitor uma rica oportunidade de reflexão sobre os tempos atuais, assim como convida os educadores e interessados na questão da educação e da cultura a um pensar e um agir que tenham como fundamento o conceito de emancipação e de igualdade coletivas. Como a própria autora coloca: “quando se pensa em projetos alternativos sustentados na ideia do pluralismo, não se fala em projetos que pretendem assegurar uma pedagogia para cada etnia, isto nos faria pensar novamente no projeto burguês de unificação-diferenciação”.
Eis aqui um livro que vale a pena ser incluído em nossas reflexões contemporâneas sobre a educação e a cultura.

Olinda Maria Noronha
UNISAL / UNICAMP

* Imagens meramente ilustrativas, não representam fotos reais do produto.